QUEM SOU

sábado, 13 de abril de 2013

MAMA SUME!


Homenageando a memória do Major-General Jaime Neves, com a devida vénia transcrevemos da revista «Combatente» o seguinte poema da autoria do Tenente-General Chito Rodrigues, Presidente da Direcção Central da Liga dos Combatentes:


CINZAS

Cinzas voam no ar que respiramos
Como bálsamo de herói esquecido
Para aqueles que na terra ficamos
Depois desse alguém ao céu ter subido.
Grande na Terra, na terra não quis ficar
Gritou "Mama Sume", depois partiu
Deixando um Portugal a suspirar
Cinzas que o vento levou e repartiu.
Restos de uma vida cheia de glória
Na simplicidade do combatente
Que a coragem veio inscrever na História.
Boinas vermelhas não perdem memória
Dos feitos que tornam política ausente
Do marco que fecha um ciclo da História.

Lisboa 29 de Janeiro de 2013
Joaquim Chito Rodrigues






Sem comentários:

Enviar um comentário